Polícia apura ‘golpe da novinha’ em MS, que já fez 8 vítimas; ‘Desculpa a ousadia, mas você é muito bonito’, diz mensagem.

 

A Polícia Civil de Campo Grande (MS) apura uma nova modalidade de estelionato e extorsão, que ficou conhecida como o “golpe da novinha”.

Até o momento, 8 homens registraram boletim de ocorrência, entre médicos, advogados, profissionais liberais e comerciantes. Uma das vítimas diz que teve prejuízo de R$ 30 mil.

Segundo a investigação, que teve início em setembro, os golpistas conseguem telefones das vítimas por meio de anúncios ou até mesmo tendo acesso ao cartão de visitas dos profissionais. Em seguida, iniciam uma conversa no WhatsApp, no qual a foto de perfil é sempre de uma mulher jovem.

“Se é um comerciante, por exemplo, manda mensagem dizendo que o viu em um balcão e dizem: ‘Me desculpe a ousadia, mas você é muito bonito'”, afirma o delegado Mikail Faria, responsável pelas investigações.

“Da mesma forma, iniciaram a conversa com médicos, profissionais liberais, advogados, enfim pessoas que tem o número de telefone público porque o usam no trabalho. Em seguida, a suposta jovem se apresenta, diz que está precisando de um emprego e inicia a conversa”, completa Faria.

Golpista envia foto de mulher nua

No decorrer da troca de mensagens, segundo o delegado, a “mulher” envia uma foto de uma pessoa nua.

“Nós acreditamos que eles pegam fotos de mulheres bonitas, mas não muito fora da realidade. É uma foto factível e não de uma ucraniana, por exemplo. E também que não dê para perceber que é uma pessoa que não é do Brasil e nem de Campo Grande”, afirma Faria.

Após um tempo, é o momento em que a pessoa pede uma foto nua de volta para a vítima.

“Alguns acabaram mandando e outros não, mas, tiveram muita conversa comprometedora, dizendo que vai ficar com a pessoa, que vai pegá-la. A partir daí, começa a chantagem. São homens de meia idade, com boa condição financeira, que normalmente são casados, tem algum compromisso, reputação a zelar ou até mesmo, por questões religiosas, morais e políticas, não poderiam estar saindo com uma moça muito mais jovem”, disse o delegado.

Foi vítima? Saiba o que fazer

Até o momento, nenhum golpista foi identificado. O prejuízo para as vítimas, segundo a investigação, varia de R$ 5 a R$ 30 mil.

A polícia orienta para que, quem caiu no golpe, registre um boletim de ocorrência no 1° Distrito de Polícia, na região central de Campo Grande.

Fonte: https://g1.globo.com/ms/mato-grosso-do-sul/noticia/2020/10/07/policia-apura-golpe-da-novinha-em-ms-que-ja-fez-8-vitimas-desculpa-a-ousadia-mas-voce-e-muito-bonito.ghtml

Teste 15