Filha de oito anos presenciou o pai agredir e jogar a mãe em poço.

 

Nesta segunda-feira (29), Eurico Rodrigues, 41, confessou ter jogado a esposa Cleide Irala, 39, dentro de um poço, na região do Capão Seco, próximo à Laguna Carapã, na Fazenda Santa Fé. À polícia, o acusado relatou que o crime ocorreu após uma discussão com a vítima.

Para a reportagem do Dourados News, o delegado responsável pelo caso, Anézio Rosa de Andrade, informou que desde o início a Polícia Civil iniciou diligências para apurar informações acerca da morte. Inicialmente, a ocorrência foi registrada como morte a esclarecer por falta de indícios, mas o esposo já era tratado como suspeito.

Ainda de acordo com o delegado, os investigadores de Laguna Carapã entrevistaram o autor, que começou a dar algumas versões e se contradizer sobre o fato. E em determinado momento, acabou confessando que depois de uma discussão com a vítima, teria a agredido e empurrado dentro do poço.

A filha do casal, de apenas oito anos, testemunhou e disse que presenciou o pai agredindo e jogando a mãe dentro do poço. Familiares relataram à polícia que Eurico agredia a mulher constantemente, principalmente quando os dois ingeriam bebidas alcoólicas e entravam em vias de fato.

O autor foi autuado em flagrante pelo crime de feminicídio majorado porque o fato aconteceu na presença do descendente direto da vítima. Ele foi levado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) e será encaminhado para a Penitenciária Estadual de Dourados (PED). Foi decreta a prisão preventiva do autor.

Fonte: https://www.douradosnews.com.br/policia/com-apenas-8-anos-filha-presenciou-o-pai-agredir-e-jogar-a-mae-em/1137972/

Teste 15