“Ele conversou comigo mais de uma vez sobre problemas da saúde em Dourados”, diz Alan após acusações.

 

O presidente da Câmara de Vereadores de Dourados e candidato à prefeitura pelo Progressistas, Alan Guedes, respondeu as acusações feitas nesta sexta-feira (13/11) pelo secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende o colocando, ao lado do vice na chapa, Dr. Guto, como responsáveis pelo caos encontrado atualmente no Hospital da Vida.

No entender do parlamentar candidato, a fala de Geraldo é de ‘baixíssimo nível’.

Ele também coloca o primeiro suplente de deputado federal licenciado como cabo eleitoral do principal rival dele na campanha e questiona sobre os trabalhos à frente da pasta estadual.

“Muito constrangedor o comportamento do secretário, que deveria estar cuidando do coronavírus, ajudando as cidades de Mato Grosso do Sul e não parar o que está fazendo e realizar o trabalho de cabo eleitoral de baixíssimo nível para o candidato a prefeito do governador”, disse, se referindo a Barbosinha (DEM) e Reinaldo Azambuja (PSDB), respectivamente.

Alan pontua ainda que conversou por diversas vezes com Geraldo Resende, principalmente em relação à Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde de Dourados), desde que assumiu o comando da Casa de Leis.

“Está sendo inconsequente, ele conversou comigo mais de uma vez em relação aos problemas da saúde de Dourados, notadamente em relação a Fundação de Saúde”, disse.

Em relação de ações da Câmara em cobrar a administração municipal sobre os recursos destinados ao hospital, ele afirmou ter uma série de ações.

“A Câmara como colegiado tem uma série de ações nesse sentido em busca de soluções para o coronavírus, temos também, digo isso individualmente em meu mandato, muitas propostas e soluções”, apontou.

Acusações 

Na manhã desta sexta, o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende (PSDB), colocou os cabeças de chapa da coligação ‘Respeito por Dourados’, Alan Guedes (PP) e Dr. Guto (PL), entre os responsáveis pelo caos no Hospital da Vida.

O local é referência para atendimentos emergenciais para mais de 30 municípios da região e passa por sérios problemas estruturais e financeiros.

Fonte: https://www.douradosnews.com.br/eleicoes-2020/ele-conversou-comigo-mais-de-uma-vez-sobre-problemas-da-saude-em/1141481/

Teste 15